15 de ago de 2011

Saiba como colaborar com a Feira da Música de Fortaleza

No twitter, as hashtags são #Clamor e #Feira10
A Feira Música de Fortaleza é a feira de música mais representativa do Brasil. Esse fato é notório pela classe musical, considerando os mais diversos elos de sua cadeia produtiva e criativa. Mas não parece tão notório para certos parceiros que anunciam uma espécie de “quebra de contrato” cinco dias antes da realização deste evento de proporções grandiosas, em todos os sentidos.

A Feira está na sua décima (10º) edição e conta com diversas atividades de formação, sócio ambientais, intercâmbio cultural, vitrine artística, negócios, exposições, cobertura, mídia, agregando todos os agentes protagonistas e público desse grande arranjo musical no Brasil, tornando o segmento mais sólido e ampliado. Ela é gratuita, oportunizando a participação de toda sociedade.

Realizada pela primeira vez em 2002, a Feira da Música de Fortaleza acompanhou e participou de uma década intensa, de rápidas transformações na lógica do mercado musical. Sediou discussões que puseram em questão essa “lógica” e testemunhou o surgimento de outras maneiras de se encarar a música como negócio – sobretudo pela força da cultura digital.

No entanto, três dias antes do evento acontecer, a Feira recebeu a notícia de que o convênio com a FUNARTE não poderia mais ser homologado, o que gera um corte significativo no seu orçamento. O artigo 20 da Lei de diretrizes orçamentárias proíbe a celebração de convênios entre os órgãos públicos e as entidades privadas (ongs e associações). Desta forma, a realização dos convênios só é possível através dos órgãos governamentais, como as Secretarias de Estado e Municípios.

Acreditamos que esta determinação “legal” está causando imensos prejuízos à cultura brasileira, em especial, às entidades culturais sem fins lucrativos,  que mesmo com toda a documentação regularizada e sem qualquer pendência na prestação de contas dos convênios celebrados anteriormente, estão impedidas de propor projetos e receber novos recursos do MINC – Ministério da Cultura, através do FNC – Fundo Nacional de Cultura.

E agora, para garantir a finalização das atividades da 10º Feira da Música de Fortaleza, uma das maiores iniciativas culturais para a sociedade brasileira, apostamos na contribuição colaborativa que mantém a força do protagonismo social. A Feira está recebendo colaborações no site www.catarse.me, pois acredita que de 10 em 10 é possível fazer a diferença. O link exato de onde está o projeto é : http://catarse.me/en/projects/261-clamor-manifesto-feira-da-musica. Confira o vídeo do #Clamor Manifesto e saiba como colaborar:


Clamor Manifesto - Feira 10 from Coletivo Fórceps on Vimeo.

Nenhum comentário: