6 de jan de 2011

Programa Cultural Eletrobrás tem edital para 2011

ATENÇÃO PRODUTORES: A Eletrobras oferece apoio ao inventário, pesquisa, registro, difusão e salvaguarda do patrimônio imaterial brasileiro. 
Estão abertas do dia 22 de dezembro a 4 de março as inscrições para o Edital de Cultura 2011 das empresas Eletrobras, cujo total é de R$ 13,8 milhões. Os interessados só poderão inscrever-se pela internet, no site www.eletrobras.com/editalcultural. O lançamento do edital foi terça-feira (21) à noite, no Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro. A novidade deste ano é a inclusão do teatro infanto-juvenil, ao lado do teatro adulto. Além do teatro, os segmentos audiovisual e de patrimônio cultural imaterial estão contemplados no edital.

Como em 2010, a Eletrobras e suas subsidárias – Amazonas Energia, Cepel, CGTEE, Chesf, Eletronorte, Eletronuclear, Eletropar, Eletrosul, Furnas e Distribuição Acre, Alagoas, Piauí, Rondônia e Roraima – contemplarão três segmentos: Teatro, Audiovisual e Patrimônio Cultural Imaterial. No teatro, a novidade do edital 2011 será a inclusão do teatro infanto-juvenil.

“A Eletrobras é uma das maiores incentivadoras do teatro brasileiro. Por esse motivo, sentimos necessidade esse ano de avançarmos um pouco mais e contemplarmos o teatro infanto-juvenil, contribuindo, dessa forma, na educação e formação de plateias para a área”, explicou Luiz Augusto Figueira, coordenador geral da Presidência da Eletrobras. Além o teatro adulto e infanto-juvenil, o edital prevê ainda o apoio a festivais de teatro, como veículo de difusão da cultura fora das grandes capitais.

Os festivais de cinema também são contemplados pelo edital da Eletrobras, ao lado da produção de filmes de longa-metragem. Os festivais deverão apresentar, pelo menos, um terço de sua programação dedicada a filmes brasileiros, e ainda promover, paralelamente à mostra, oficinas, debates e encontros. “É a forma que encontramos de apoiar a difusão e a discussão técnica da indústria cinematográfica brasileira e ainda auxiliar a formação de plateias”, afirma Tereza Cristina de Rozendo Pinto, gerente do Departamento de Responsabilidade Social e Projetos com a Sociedade, área responsável pelo edital.

Os recursos para o Patrimônio Cultural Imaterial, terceiro segmento em que se divide o edital, são direcionados para o apoio ao inventário, pesquisa, registro, difusão e salvaguarda do patrimônio imaterial brasileiro. “Consideramos fundamental a preservação do patrimônio imaterial brasileiro, por meio de suas celebrações. São rituais e festas que marcam a vivência coletiva do trabalho, da religiosidade, do entretenimento e de outras práticas da vida social em suas mais diversas formas de expressão”, explica Luiz Augusto Figueira, acrescentando que as celebrações já deverão ser reconhecidas pelas comunidades às quais estão vinculadas e poderão se realizar de maneira gratuita nas ruas, em praças e demais espaços das práticas culturais coletivas que com elas se identifiquem. “Exemplos dessas celebrações são as festas de santos padroeiros, as festas juninas e o carnaval, entre outras práticas sociais consagradas”, exemplifica o executivo da Eletrobras.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Eletrobras

Nenhum comentário: