25 de fev de 2011

Fora do Eixo Letras lança OrFEL durante Grito Rock

O fanzine chega para possibilitar que as palavras sigam o rumo das notas musicais, acordes, baquetas, ximbaus, palhetas e cases dos mais de 130 pontos onde acontece o Festival

Em fevereiro, a FEL - Fora do Eixo Letras - lança seu primeiro fanzine, OrFEL, uma publicação que contém poesia e prosa de diversos escritores ligados ou não ao Circuito Fora do Eixo. O trabalho, que contém representantes de todas as regiões do país, pode circular em todos os pontos onde acontece o Festival Grito Rock América Latina, além de também ficar disponível em pdf através do Creative Commons.

No total, foram mais de 100 trabalhos inscritos para o fanzine, que reúne 14 autores selecionados por uma curadoria formada pela FEL e pelo Núcleo de Poéticas Visuais. A relação entre estas duas frentes do Circuito Fora do Eixo favorece a discussão sobre a literatura e as artes visuais, bem como demais núcleos artísticos, como o AudioVisual e o Clube de Cinema, buscando compreender a cadeia produtiva das linguagens artísticas para pluralizar conceitos e democratizar seu acesso.

Acreditando que toda palavra tem seu sentido construído socialmente, OrFEL espelha alternativas elaboradas coletivamente e se apresenta como uma forma de produção, circulação e divulgação de obras para as cidades onde ocorre o Festival Grito Rock 2011.

O primeiro destino de OrFEL foi Manaus/AM. O Grito Rock produzido pelo Coletivo Difusão viabilizou 40 fanzines impressos para o festival. Além disso, ele também foi declamado durante as noites do evento que aconteceu de 16 a 20 de fevereiro. “Como nosso primeiro fanzine, a responsabilidade é grande, mas posso dizer que nosso OrFEL circulou aqui lindamente”, conta Lídia Damasceno, do núcleo de cênicas do coletivo. A integrante da FEL fala também sobre a sensação de apresentar o fanzine para o público. “É incrível a sensação de ver o fanzine circulando no Grito de sua cidade, ao mesmo tempo em que mostra um pouquinho de cada pedacinho do Brasil”, complementa.



Os autores de OrFEL

OrFEL conta com autores de todas as regionais ligadas ao Circuito Fora do Eixo. São elas Norte, Nordeste, Centro-oeste, Sudeste SP/RJ, Sudeste MG/ES e Sul. Entretanto, há autores de fora do circuito que também fazem parte do fanzine. Seu conteúdo preza pela singularidade e diversidade estilística, gerando uma sútil sensação de tournê dos autores e de suas palavras durante o Festival Grito Rock.

Dentre os estados participantes, Minas Gerais se destacou como o que mais enviou obras para a curadoria. Entretanto, além dos talentosos mineiros, vários sotaques literários, sabores e sintomas proporcionam nos leitores de OrFEL uma visão para além da palavra-livro.

Sua seleção de obras e autores preza pela diversidade das obras, temas e autores inscritos. Entre as folhas de OrFEL é possível encontrar, por exemplo, a poesia da bahianinha Brisa Moura, de apenas 16 anos, escolhida para representar toda a Regional Nordeste. E, apenas algumas páginas a frente, a prosa de Maryllu de Oliveira Caixeta, doutoranda em estudos literários pela Unesp de Araraquara/SP e autora do livros Leros e Boleros, encanta entre os representantes da Regional Sudeste SP/RJ.


Conheça os autores selecionados para o fanzine OrFEL:

Regional Norte:
- Jenifer Nunes - Coletivo Palafita - Macapá/AP
Regional Nordeste:
- Brisa Moura - Jequié/BA
Regional Centro-oeste:
- Waller Chaves - Goiânia/GO
Regional Sudeste RJ/SP:
- Fabiana Ribeiro - Araraquara/SP
- Clara Mancuso - Coletivo Ajuntaê - Campinas/SP
Regional Sudeste MG/ES:
- Luis Fernando Resende - Uberlândia/MG
- Marco Antonio Neri - Coletivo Namarra - Santa Luzia/MG
- Leon Aguiar - Uberlândia/MG
Regional Sul:
- Neo One Eon - Movimento Soma - Porto Alegre/RS

A FEL - Fora do Eixo Letras - é a frente temática do Circuito Fora do Eixo que reúne escritores, fanzineiros, artistas visuais, músicos, acadêmicos e leitores interessados em compreender a cadeia criativa e produtiva da palavra em suas diversas formas - escrita, falada, visual, sonora e multimídia.

Seus primeiros passos foram dados durante o III Congresso Fora do Eixo, em outubro de 2010, na cidade de Uberlândia (MG). A partir de então, começou a articulação de seus membros para o reconhecimento e mapeamento de livros, fanzines, clubes de leituras, festivais, iniciativas literárias e demais trabalhos realizados pelos Coletivos e por outros atores sociais, buscando confrontar experiências locais e visualizar horizontes em comum. A elaboração e circulação do fanzine OrFEL é a primeira ação do Fora do Eixo Letras, definida seu planejamento para 2011.


Conheça OrFEL:


Nenhum comentário: