25 de mar de 2011

Da banquinha II

"Oi, quanto custa esse chinelo?" Há na banca, um par de Havaianas do Ramones que tá chamando atenção. Acontece que agora só tem ele, o restante já foi vendido (sou ótima vendedora). O bendito está parecendo o sapatinho de cristal da Cinderela, todo mundo quer, mas não serve, a numeração é 42 e eu ainda não vi o Pé Grande passando por aqui. Veremos quem será o sortudo.

A cabine "Dê o seu grito" que a Renata organizou continua fazendo sucesso, agora que as fotos estão sendo exibidas as pessoas se divertem vendo seus rostos estampando o telão.



O Alona está movimentadinho para uma quinta-feira. As duas primeiras bandas já se apresentaram e o que eu percebi é que as pessoas estão curtindo numa vibe bem familiar, sentam pra conversar, tomam uma cervejinha, passam pela banca... Sei que sou suspeita, mas o Grito está muito bem organizado, tá bom demais!

Foto: Aline Giesel

Em frente a banca tem um dos varais para pendurar o que você quiser mostrar (foto, texto, música etc.) e tem coisa que veio de longe, a galera do Espaço Soma de Porto Alegre enviaram seus penduricalhos. Dizem que tem mais coisas viajantes pra chegar. Eba!

A Lanivus se prepara pra tocar e eu preciso voltar pra banca. Entre vestidos, camisetas e fotografados, vou conferir o show, que promete. 
Até logo!

Um comentário:

Renata Cabrera disse...

Banquinha muito bem organizada e as vendedoras são ótimas. hahahaha. E POOOW! NÃO SABIA QUE TINHA UM RAMONES 42. Guarda ai pra mim! hahahaha