27 de mar de 2011

Carta aos poetas

Londrina, 25 de março de 2011

Queridos Neo e Renan,

Escrevo para contar que tuas poesias já estão no nosso Varal, exposto aqui na Vila Cultural Alona. Sim, meus amigos, elas estão aqui e têm proporcionado encantadoras surpresas ao público  que chega para o nosso Grito Rock.

Foto: Aline Giesel
As tuas, Neo, chegaram por correio na quarta-feira. Poxa, há quanto tempo eu não recebia uma correspondência que não fosse as contas de telefone, energia e condomínio! Tuas obras foram as primeiras que preguei em nosso varal, feito de barbante e pregadores de madeira. 

O pessoal por aqui lê, atentamente, às tuas palavras que já não cabem mais no varal. Percebo que elas extrapolaram o espaço, que desde o primeiro dia de festival foi acumulando arte e sonhos. Agora, as poesias são levadas com o vento e com o rock que reverbera dentro de nossa Vila Cultural.

Já você, Renan, me causou um susto danado, rapaz! O carteiro só me entregou hoje pela manhã teu Sedex 10. Por pouco, aquela delícia de poesia não chega a tempo para engrossar nosso Grito! 
Foto: Aline Giesel

Renan, o engenheiro elétrico da Fora do Eixo Letras. Aliás, embora eu não entenda nadica de nada do assunto, os cálculos no verso na folha de rascunho são sensacionais, viu? E o resultado da sonoridade das palavras é exato como teus números devem ser. Por isso, não resisti e pendurei os dois, o rascunho, cheio de numerozinhos e sinais estranhos e a versão passada a limpo. 
Foto: Aline Giesel
Enfim, amigos, obrigada. Receber tuas obras por correio fez com que eu me sentisse no caminho certo, rumo à palavra-certa, à palavra sonho, à palavra que ocupa, que alcança, que viaja, à palavra-FEL. Pedi a dois amigos que recitassem tuas poesias para registrar em áudio. São eles Vitor (Gaúcho) e Aline. Espero que gostem; pedi para eles, porque sei que ambos também se encantaram por tuas poesias.

Termino deixando para vocês, uma das minhas frases preferidas de Carlos Drummond de Andrade: "Penetra surdamente no reino das palavras.
Abraços, Tati


Poesia Neo by vitorstruck

Poesia Renan Moreira by vitorstruck

Nenhum comentário: